terça-feira, 8 de novembro de 2011

Incrível

como a vida te surpreende mais e mais. Você está com uma pessoa, está tudo bem. De repente entra um furacão entre vocês e te joga no chão. Esse furacão eu atribuo com o nome de mentira. É, mentira. Mentir pra mim é o mesmo que me chamar pra ir pro inferno, com eu te matando, claro. Odeio mentira, odeio falsidade. O problema da mentira não é que te deixa com raiva, triste, decepcionado. É como você se sente depois de ser enganado. O sentimento que sobra dentro de você, é um sentimento frio, vazio; mas é um vazio que pesa. Pesa tanto que você tem vontade de enfiar a mão por dentro e tirá-lo. A vida é assim, dura, difícil; quando você menos espera ela vem e joga algo na sua cara, zombando e dizendo: Vamos, quero ver você segurar essa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário